Também entrei na onda do Jardim Secreto

Escrito por Ana Paula. Publicado em Arte

Adoro arte desde criança, quando minha avó Helena me ensinou a pintar imagens de gesso. A primeira foi uma boneca linda que pintei com menos de 8 anos de idade em Águas de São Pedro. Depois disso vieram as imagens católicas. Já vivia em São Paulo e estudava no Colégio Del Rey, na aula de artes tinhamos que pintar algo em gesso, já sabia como fazer e enquanto meus colegas usavam guache eu usava tinta ducco, a mesma usada na pintura de carro na época. Eu pintei um busto do Sagrado Coração de Jesus e ainda o fiz em estilo barroco, envelhecendo com betume. A professora não acreditou que eu tinha feito e me deu zero, cheguei chorando em casa e no dia seguinte minha mãe ligou ou foi ao colégio para dizer que eu realmente tinha feito o trabalho sozinha.

Muito tempo se passou e sempre gostei da parte artistica das coisas. Na matemática gostava muito do Desenho Geométrico, que tem intima relação com a arte. Os fractais que são maravilhosos e assim por diante.

Hoje já formada em Matemática, minha visão é diferente, meu cérebro funciona diferente. Vejo padrôes e a beleza matemática até nas relações entre pessoas, no mundo em tudo que observo. Um mundo de possibilidades e belezas diferentes.

Então vieram os livros de colorir. Outro tipo de arte pela qual me apaixonei. Algo para me distrair durante minha licença médica. Algo para fazer só pelo simples prazer de fazer. Algumas vezes com alguma técnica de pintura, outras apenas por passar os lápis sem técnica alguma, apenas passando o tempo...

Com isso em breve publicarei as imagens do que já pintei. Tenho vergonha de alguns e orgulho de outros.

Aguardem!!!